Capitulo 7: Uruguaiana


Marcos abriu a grande porta que dava direto na suja garagem da delegacia de Uruguaiana. O lugar estava deserto sem nenhum carro e se3m sinal de zumbis.

- Vem pessoal, a barra esta limpa!

- Tem certeza cara?

- Afirmativo Juliano, no momento que a porra ficou seria os paspalhos daqui largaram fora.

O grupo saiu lentamente da delegacia, Marcos e Juliano seguravam suas armas prontos para o combate mas o que encontraram foi completamente diferente do esperado, as ruas estavam desertas, cheias de sangue mas sem nenhum sinal de vida... ou alguma coisa parecida com isso. Maria ficou preocupada com a estranha situação.

- Está tudo muito estranho, aonde estão os infectados, o que está acontecendo aqui?

- Muita cautela, algo não me parece agradável aqui...

- O que foi Juliano o que você esta sentindo?

-xiii escute...

A calmaria foi quebrada pelo barulho monstruoso do helicóptero militar atirando contra o grupo, eles correram o mais rápido que conseguiram, enquanto uma chuva de balas era atirada contra eles.

- Corram!! todos para dentro daquele prédio!!!

Como em filmes de ação eles pularam para o escuro prédio abandonado no lado direito da rua, estranhamento o helicóptero tomou a outra direção e foi embora. Juliano checou se todos estavam bem, e em silencio mandou ninguém se mexer, pois ele iria checar o local.

Segurando a sua arma, Juliano foi olhando sala por sala do prédio, até chegar na porta da escada no final do corredor. Ele foi abrindo lentamente a enferrujada porta de metal quando foi surpreendido por um grupo de zumbis, que jogaram ele no chão e partiram famintos para comer sua carne.

- Ahhh merda!!!

- Juliano rola pro lado!!

Dito isso Juliano rolou para seu lado direito e um misterioso homem ativou o lança-chamas que portava, fazendo com que os zumbis virassem churrasquinho.
- Se não fosse eu você estava morto, haha, parece até um recruta.

- Maldito, pensei que nunca diria isso mas é muito bom te ver.

-E eu sou foda mesmo... mas como anda a missão?

-Ainda não descobri nada, mas seguirei investigando.

-Faça isso, mas tome mais cuidado da próxima vez, não quero que as coisas sigam fora do plano.

- Afirmativo, mas sai daqui rápido antes que eles cheguem!

- Okay... alias, vai rolar a cervejinha qualquer hora dessas né?

- Vai logo, depois nos falamos.

Frederico abriu a porta do corredor traseiro do prédio, pois pensava ter escutado Juliano em apuros, ele seguiu e encontrou ele parado em frente a um grupo de zumbis queimados.

- Voce está bem?

- Estou, mas precisamos sair daqui, os outros andares estão tomados por zumbis.

- Tudo bem mas errg... como esses ai estão queimados?

- eles estavam pegando fogo o outro andar está com um pequeno incêndio.

-Sério? nem tem fumaça... ah, nem importa, Marcos, Maria e Anderson estão na outra sala esperando, vamos avisar eles do perigo e ir embora.

1 comentários:

  1. i esse juliano sei não em...

Postar um comentário