Capitulo 8: A Bruxa

Uruguaiana não era um lugar seguro, ficar se expondo na rua era muito arriscado, pois o exercito estava neutralizando tudo que visse, mas entrar em qualquer prédio também não era a melhor opção por que os zumbis estavam lá. Marcos queria voltar para delegacia e ficar por lá, mas Frederico achava que isso era perca de tempo.

- Não, não podemos voltar Marcos.

-Então qual é a sua ideia senhor doutor?

-Vi um colégio logo a frente, é época de ferias, la deve ser seguro.

-Mas mandamos refugiados para colégios.

-Estava tudo vazio, não tinha ninguém la é seguro.

-Então grupo vamos.

Todos juntaram suas coisas e entraram no sombrio e deserto colégio, Marcos foi na frente para assegurar que o lugar estava vazio, ele olhou todas as salas, e chegou a conclusão que realmente era confiável ficar ali.

-Parece estar vazio mesmo, mas vamos ficar de olhos e ouvidos vem abertos parara que...

-Marcos Atrás de você!!!

Um zumbi pulou nas costas de Marcos, e subitamente começou a morder o seu pescoço e o sangue jorrava por todos os lado. Frederico estava branco e não conseguia atirar e Juliano apenas mirava, pensando se atirava nos dois ou esperava a luta acabar. Anderson mesmo ferido arrancou a arma da mão de Frederico deu um chute no zumbi e rapidamente atirou na cabeça da feia adolescente zumbificada.

-Morre bruxa maldita, morre/!! Marcos fale comigo como você está cara??

-Cof cof... me mate!

-Não, eu não posso!!

-Pode sim garoto, você atirou na sua vó, pode atirar em mim também!

Antes de Anderson disparar, Juliano mirou com sua arma e atirou na cabeça de Marcos. Lagrimas caiam dos olhos de todos, mas não havia tempo a perder Marcos estava morto e nada mudaria isso.

- Chega disso, eu vou embora, quem quiser vem comigo!!!

-Calma Frederico...

-Cala sua boca idiota, não da mais... Anderson e maria, venham comigo!

Frederico, Anderson e Maria saíram do prédio para tentar escapar da cidade, juliano ficou olhando atentamente a saída do grupo... lentamente ele tirou um radio do bolço.

- Eles não estão envolvidos, podem neutralizar... fim da missão.

0 comentários:

Postar um comentário